Os criminosos estão sempre em busca de vulnerabilidades da segurança em softwares e dispositivos para conseguir vantagens. Tanto usuários domésticos como empresas devem ficar atentos às novas ameaças, que podem surgir a qualquer momento e comprometer seus dados, trazendo diversos prejuízos, como perdas monetárias.

Esse é o caso do ataque VPNFilter, que já se tornou um grande problema para diversos países, inclusive o Brasil. A ameaça fez com que o Ministério Público emitisse um alerta para que os usuários reiniciassem seus roteadores com o objetivo de interromper a ação do vírus.

Quer saber por que o ataque VPNFilter é tão perigoso e como você pode preveni-lo? Então acompanhe a leitura!

O que é o ataque VPNFilter?

Trata-se de um software mal-intencionado (malware) que se instala nos roteadores e é capaz de interceptar e modificar os dados transmitidos pela rede. Após vários meses de pesquisa, especialistas estimaram que mais de 500 mil roteadores haviam sido infectados em pelo menos 54 países diferentes.

O ataque VPNFilter é capaz de infectar roteadores de diversas marcas e, uma vez que é instalado, pode afetar todos os dispositivos que se encontram na mesma rede. Ou seja, todos os computadores, tablets, smartphones que recebem o sinal do roteador infectado estão ao alcance do vírus e seus usuários correm sérios riscos ao utilizá-los.

Qual é sua forma de ação?

Ao contrário do que ocorre com os malwares que atacam computadores e, normalmente, são encontrados e eliminados pelos antivírus, o VPNFilter age de forma silenciosa e pode demorar a ser detectado.

Uma de suas principais formas de ação é manipular o conteúdo de páginas da web e criar cópias falsas de sites para enganar o usuário. Assim, os criminosos conseguem ter acesso a informações importantes, como logins e senhas de contas bancárias e e-mails, entre outras informações pessoais importantes. Além disso, ele também é capaz de causar danos ao dispositivo infectado e interromper o acesso à internet.

Como se proteger dele?

O VPNFilter é um vírus bastante poderoso e consegue explorar bem todas as vulnerabilidades presentes nos dispositivos em que se instala. Isso faz com que eliminá-lo do roteador seja uma tarefa extremamente difícil e a melhor maneira de evitar problemas com o ataque é a prevenção.

Veja, a seguir, algumas medidas que devem ser tomadas para prevenir o VPNFilter:

  • reinicie o aparelho (isso pode ser feito por meio do botão de reset, localizado atrás dele ou no painel de configurações do roteador);
  • atualize o firmware de seu roteador;
  • desative o serviço de acesso remoto ao dispositivo;
  • utilize senhas fortes para protegê-lo;
  • fique atento aos endereços web das páginas que visita para identificar cópias falsas.

É importante ter em mente que diversos modelos de roteadores podem ser afetados pela ameaça e é essencial tomar as medidas de proteção apresentadas aqui para evitar problemas. Além disso, redobre sua atenção ao utilizar sites de bancos e lojas virtuais, para não ter suas senhas e informações bancárias roubadas.

Quer entender melhor como se proteger de ataques cibernéticos? Então conheça quais são os principais erros na segurança de dados que você deve evitar!