Contato WhatsappPowered by Rock Convert

Muitas vezes, optamos por senhas difíceis para proteger o nosso Wi-Fi. Porém, mesmo escolhendo combinações complexas, alguns usuários acabam sofrendo ciberataques. A boa notícia é que existe uma funcionalidade que pode garantir um nível maior de segurança e até mesmo tornar a sua rede invisível para invasores. Neste post, conheceremos o que é SSID.

Ele é fundamental para garantir a proteção a uma rede empresarial, tornando a conexão bem mais acessível. A configuração própria do SSID, além de oferecer a opção de ocultar a conexão, também pode deixá-la mais destacada para facilitar o acesso em lugares públicos, por exemplo. Vamos conhecer mais sobre a ferramenta!

O que é SSID?

Podemos definir o SSID como o nome da sua rede Wi-Fi, ou seja, a identificação que surge quando os usuários visualizam as opções de conexão sem fio disponíveis em uma área.

O Service Set Identifier (algo como “Identificador do conjunto de serviços) facilita o trabalho do usuário de encontrar e se conectar a redes sem Wi-Fi.

Além disso, a ferramenta serve para identificá-la em meio às outras, o que facilita a conexão direta a um novo dispositivo sem fio.

De que forma o SSID ajuda a proteger o roteador?

Mencionamos que o SSID é, basicamente, o modo como a sua rede é chamada. Nesse sentido, a simples escolha do nome é uma ação poderosa para garantir um nível maior de proteção, inclusive para o roteador.

É essencial evitar nomes muito chamativos, que podem chamar a atenção de invasores e comprometer a segurança da sua conexão, ou opções muito óbvias (relacionados à empresa, por exemplo).

Mudar a nomenclatura é outra forma eficiente de se precaver contra ciberataques. Um invasor pode utilizar a identificação padrão do SSID, delimitada pelo fabricante, para visualizar o dispositivo e explorar as vulnerabilidades possíveis.

Banner meioPowered by Rock Convert

Por fim, outro meio eficaz de proteção é desligar a exibição do SSID. Desse modo, as pessoas que quiserem se conectar à rede terão que conhecer, necessariamente, login e senha — e não apenas a última opção, como normalmente ocorre.

Quais são os mitos sobre essa funcionalidade?

Como toda ferramenta tecnológica, o SSID sofre com a disseminação de informações desencontradas, que merecem alguns esclarecimentos. Os nomes são os principais focos de confusão.

Os repetidos, por exemplo. Duas redes com a mesma nomeação, alocadas na mesma área, podem, de fato, causar problemas. Nesse caso específico, os dispositivos podem se conectar à opção errada, causando transtorno para o usuário.

Outra polêmica envolve os caracteres especiais. Alguns computadores e dispositivos que operem com sistemas operacionais Linux podem ter problemas para visualizar redes nomeadas com sublinhados, hífens e espaços, por exemplo.

Uma boa forma de se livrar de problemas recorrentes é evitar nomes padronizados. O roteador que você adquire já vem direto da fábrica com um SSID predefinido, mas é melhor modificar esse padrão. Afinal, se um vizinho usar um roteador igual ao seu e adotar o SSID padrão, os nomes repetidos podem gerar conflitos entre os dois equipamentos.

Como vimos no post, a ferramenta é um grande reforço tanto em redes empresariais como em residências. Ações simples de configuração, como modificar o nome predefinido de fábrica, já reforçam a proteção ao seu sistema Wi-Fi.

Agora que você sabe o que é SSID, seus benefícios e suas aplicações, já sabe qual solução digital priorizar para incrementar a segurança em sua rede.

Gostou do post e quer ler outros conteúdos como este? Então assine a nossa newsletter e visualize nossos artigos em primeira mão!