Contato WhatsappPowered by Rock Convert

O avanço da tecnologia permitiu o acesso à internet por meio da rede wifi com alta capacidade de alcance. Nesse sentido, o uso de wifi corporativo vem ganhando cada vez mais espaço e popularidade dentro de espaços empresariais. Contudo, esse fato faz com que seja necessário conhecer melhor como se dá o funcionamento desse tipo de rede.

É inegável a conectividade e a praticidade oferecidas por uma rede sem fio. Esse mecanismo tecnológico trouxe inúmeras vantagens para a comunicação, a disponibilização e troca de dados. Além disso, a rede viabilizou a produtividade e proporcionou um maior desempenho entre as corporações. Desse modo, foi possível trazer flexibilidade às conexões, uma vez que os usuários podem utilizar múltiplos dispositivos conectados a uma única rede.

Atentas a esse cenário, muitas empresas já aproveitam as vantagens do wifi corporativo nas suas próprias instalações. Considerado como um aliado que facilita o trabalho interno, externo ou remoto, a rede sem fio possibilita a redução dos gastos e traz comodidade e praticidade para toda a equipe que trabalha no ambiente.

Pensando nisso, nesse artigo, você vai entender melhor os principais pontos que envolvem o wifi empresarial — sua importância, vantagens, erros que podem surgir e como solucioná-los, bem como várias outras questões que valem a pena ser abordadas. Então, vamos lá. Confira por que a sua empresa deveria começar a pensar em investir em uma rede de wifi corporativo desde já!

Qual é a importância de um bom wifi corporativo?

O wifi corporativo se tornou um grande aliado das empresas nos últimos anos. Contudo, o seu uso, diferente de um wifi comum, requer um certo planejamento prévio, gerenciamento constante e a adoção de configurações adequadas de forma que ele consiga operar plenamente e conforme os objetivos do negócio. Nesse sentido, entenda a importância de manter um bom wifi corporativo.

Custo-benefício atrativo

O investimento dedicado a um wifi corporativo tem altas chances de ter um retorno garantido, caso a sua configuração seja feita com o objetivo principal de atender às necessidades da empresa.

Dessa maneira, os dispositivos móveis são considerados ferramentas estratégicas para os negócios, pois permitem que os funcionários consigam desempenhar as suas funções adequadamente.

Temos aí uma característica que esse tipo de rede proporcionou, que é a mobilidade empresarial. Como consequência dessa nova possibilidade, há um aumento na produtividade e nos resultados positivos da empresa. Além disso, os funcionários se sentem mais motivados e encorajados a produzir cada vez mais.

Ademais, o uso de wifi corporativo também oferece outro elemento que apresenta um bom custo-benefício. É o fato de a rede não ser dependente de adaptações e correções no ambiente para o seu desempenho. Vamos dar um exemplo para tornar o entendimento mais fácil. A rede wifi não precisa de cabos contendo vários metros de extensão que são utilizados para se conectar à internet. Pelo contrário, tudo é feito por meio da transmissão de sinais pelos sistemas sem fio.

Continuidade de processos

Um wifi corporativo consiste em uma rede planejada que apresenta uma forte estabilidade e consegue suportar a demanda, especialmente em empresas onde o número de funcionários é elevado, bem como a quantidade de dispositivos conectados à rede — como por exemplo: wifi em coworking

Ainda assim, o wifi corporativo cumpre bem o seu papel. E tem a capacidade de reduzir a incidência de interferências externas, permitindo, assim, a continuidade de processos. Além disso, é possível o rastreamento de usuários, o controle de banda e a visibilidade de tráfego, elementos que otimizam o serviço e possibilitam que os negócios da empresa sejam executados de maneira mais eficiente.

Diante disso, também podemos afirmar que essa rede é mais arrojada e contém recursos suficientes que conseguem dar conta de atender bem os usuários conectados e dar suporte às atividades empresariais.

Maior controle de acesso

O wifi corporativo permite a interação com outros tipos de sistemas, que controlam o acesso de usuários. Essa integração é eficaz para trazer mais segurança às operações realizadas pela empresa.

Tal medida é usada para impedir a conexão por terceiros não autorizados, bloquear o acesso a páginas específicas, bem como rastrear solicitações de duvidosas vindas de ambientes externos.

Contudo, é preciso ter cautela com as novas viabilidades trazidas pelo wifi corporativo. Estamos falando da segurança nas redes. Desse modo, é imprescindível que a equipe de suporte, responsável pela estrutura e organização desse sistema, fique atenta às possíveis brechas que podem abrir caminho para o acesso ao wifi corporativo por pessoas não autorizadas.

Para evitar esse tipo de situação, é possível configurar a rede para que somente os funcionários portadores de dispositivos selecionados consigam conectar-se a ela, tornando o acesso mais seguro através de segmentação de rede (VLAN).

Possibilidade de ampliação

Uma empresa bem estruturada tem altas chances de crescer no mercado, o que pode exigir uma maior capacidade da rede de modo que ela consiga atender às demandas constantes do negócio.

Contudo, caso ela não seja um wifi corporativo de alto desempenho, a equipe de suporte terá que incluir mais cabos e talvez mais pontos de rede. Ou seja, será necessário aumentar a infraestrutura externa de modo que a rede consiga suportar as necessidades de conexão dos usuários.

Infelizmente, esse processo é custoso e pouco prático, uma vez que exige uma grande estrutura externa e ocupa bastante espaço físico. Diante dessa situação, a chave para esse problema é adotar uma rede sem fio corporativa.

Dessa forma, com apenas um ponto de acesso, torna-se viável oferecer serviços de wifi a uma grande quantidade de usuários de maneira prática e ágil, e o melhor de tudo, sem a incidência de custos adicionais com infraestrutura cabeada. Mas para que esse sistema seja implementado de fato, é necessário criar um planejamento prévio.

Qual a importância de um wifi seguro para a empresa?

Manter a segurança da rede corporativa é um desafio constante para a equipe técnica de informática em uma empresa. Nesse sentido, é possível adotar alguns cuidados básicos e avançados com o intuito principal de evitar invasões por terceiros mal intencionados, que visam cometer crimes cibernéticos, bem como demais ameaças que rondam o sistema wifi.

De posse dessas informações, entenda a seguir sobre a importância de se investir na segurança de um wifi na modalidade corporativa:

  • os funcionários têm maior confiança na rede e conseguem ter uma produção adequada;
  • há menos riscos de roubos e danos ao sistema;
  • o acesso à rede por dispositivos desconhecidos e não autorizados é bloqueado;
  • a empresa ganha mais confiança perante o mercado e a sua reputação aumenta.

Como escolher o melhor Access Point?

Mas, afinal, como acertar no ponto de acesso ideal para uma empresa? Essa é uma decisão muito importante a ser tomada. As dificuldades de conexão estão relacionadas com esse aparelho na maioria das vezes.

Hoje em dia, grande parte das empresas depende das redes para desempenhar suas funções, como: fazer a comunicação com os parceiros comerciais, engajar-se com o público, receber pedidos de compras, gerar leads e conversões etc.

Um access point empresarial — diferente daqueles roteadores de uso doméstico — possui uma distribuição de sinal mais potente e uma alta capacidade de processamento, uma vez que sua CPU e memória possuem performance sofisticada. Eles também oferecem mais funcionalidades que podem ser exploradas, especialmente aquelas ligadas à segurança da rede.

Mas como escolher o acess point com o perfil ideal para uma empresa? Para isso devem ser observadas características como:

  • quantidade de funcionários;
  • tipo de conteúdos disponibilizados na rede;
  • nível de criticidade das informações;
  • estrutura de tecnologia do escritório;
  • taxa de transmissão, para uma transferência de dados mais eficaz.

Quais são os erros mais comuns na escolha de uma rede corporativa?

A instalação de uma rede wireless corporativa é uma tarefa um pouco complexa, uma vez que envolve o conhecimento sobre políticas de segurança, redes, configurações, radio-frequência e funcionalidades dos equipamentos.

Contudo, é preciso ter cautela na escolha da rede para garantir a eficiência das conexões e evitar a incidência de erros. Confira a seguir as falhas mais comuns que podem acontecer nesse processo.

Desconhecer a política interna da companhia

As regras de funcionamento e as normas de segurança variam de uma empresa para outra. Cada uma tem poder e autonomia para definir os seus próprios padrões de segurança e de tecnologia em geral.

Nesse contexto, a equipe de TI responsável pela implantação da rede de wifi corporativo deve conhecer os trâmites internos e saber as projeções de crescimento. Esse cuidado impede que seja criada uma estrutura wireless diferente daquela que a empresa precisa e que não seria capaz de atender aos padrões técnicos da corporação, o que pode ocasionar problemas e prejuízos para as operações empresariais.

Banner meioPowered by Rock Convert

Optar por equipamentos inadequados

A escolha de equipamentos inapropriados que não preencham as necessidades da empresa pode comprometer a conexão e influenciar a sua qualidade, estabilidade e escalabilidade. Por isso, é importante conhecer mais a fundo as funcionalidades e a estrutura de computadores, roteadores e demais máquinas, a fim de evitar a ocorrência de falhas e problemas.

Operar com fornecedores de baixa qualidade

Os componentes de uma rede de wifi corporativo não costumam ser muito baratos. É por esse motivo que muitos gestores e empresários acabam escolhendo comprar fornecedores com preço menos custosos. Esse é um grave erro, uma vez que a aquisição de um wireless é um investimento, e valores abaixo da média podem ser sinal de má qualidade.

Já imaginou ter instalado toda a rede interna e só depois perceber que ela não é a mais adequada ou não é tão eficiente quanto você gostaria? Por isso, o recomendado é escolher fornecedores que sejam reconhecidos no mercado e ofereçam equipamentos de boa qualidade e garantias. Tal cuidado evita falhas na conexão e prejuízos no futuro.

Fazer um mau dimensionamento da rede

É importante verificar o impacto que o envio de dados e os dispositivos móveis conectados à internet podem gerar na rede de wifi. Assim, uma rede com elevado número de requisições pode enfrentar mais dificuldades no seu carregamento e baixa qualidade da transmissão.

Como solucionar esses erros?

O planejamento da rede deve considerar a expectativa de crescimento da empresa. Desse modo, mesmo que a corporação aumente de tamanho e suas operações se ampliem, a rede não sofrerá grandes impactos, pois já estará preparada para isso.

Também é importante investir em conexões que ofereçam alta velocidade. Um exemplo famoso é a fibra óptica, que proporciona uma grande escalabilidade em troca de um custo de manutenção reduzido.

Por isso, é fundamental que o gestor de TI faça um dimensionamento adequado da rede de forma que ela possa comportar as demandas solicitadas. Ele ainda deve adequar a política de rede sem fio limitando o número de equipamentos ou até mesmo bloquear o acesso de alguns usuários. Essa medida é importante para evitar congestionamento no envio de dados e lentidão na sua transmissão.

Por que contar com uma empresa especialista para seu wi-fi empresarial?

O ideal, caso você esteja pensando em implementar ou modernizar o seu wifi corporativo, é contar com o auxílio de uma empresa especializada no ramo, que vai ajudar nas etapas de avaliação e consultoria da rede. Confira!

Na fase da avaliação, o profissional é responsável por:

  • identificar a situação e as necessidades da empresa;
  • realizar testes para constatar a existência de possíveis problemas e falhas na conexão;
  • avaliar as infraestruturas de comunicação;
  • efetuar o diagnóstico do wifi e suas características.

Após a etapa de coleta de informações, a equipe especialista em wifi corporativo passa para a fase seguinte, que é a consultoria da rede. Nesse momento são adotadas as seguintes medidas:

  • definição das melhores soluções para a rede;
  • planejamento para estabelecer a sua base de instalação;
  • tomada de decisões estratégicas em prol da otimização da rede etc.

Quais são as principais vantagens de ter um wifi corporativo?

A adoção de uma rede wireless corporativa proporciona uma série de vantagens para as organizações. Confira.

Computação Móvel

O wifi corporativo por meio da computação sem fio permitiu a mobilidade dos dispositivos de computação. Desse modo, os computadores que contêm placas de banda larga podem se conectar à internet facilmente em qualquer lugar. Com isso, as empresas puderam otimizar suas tarefas e resolver questões por meio de um simples dispositivo móvel desde que conectado.

Flexibilidade

Um sistema sem fio não precisa de redes, cabos e vários roteadores. Basta que o equipamento necessário para a conexão sem fio seja reunido em um único espaço dentro da empresa.

Baixo custo

É conhecido que a infraestrutura exigida para a implementação de uma rede de wifi com fios é grande, e os gastos para a sua instalação são consideráveis. Por outro lado, as redes sem fio têm um custo menor, pois necessitam de poucos fios para funcionar, uma vez que o cabo de rede chega ao access point.

Eficiência

A rede sem fio pode ser facilmente configurada, bem como permite a sua construção e desconstrução em poucos minutos. Essa efetividade garante que a conexão aconteça rapidamente, otimizando, assim, o trabalho de toda a empresa.

Escalabilidade

O wifi corporativo pode ser configurado para que as plataformas atuem em mais de 2 a 50 pontos de acesso — Access Points. Esse número pode ultrapassar os mil pontos que são capazes de atender às demandas da conectividade das empresas.

Fácil configuração para implantação

O wireless corporativo surgiu com o objetivo de trazer mais funcionalidade ao negócio, e não aos protocolos da rede. Desse modo, os pontos de acesso são ligados à controladora, o que permite a distribuição das funcionalidades dessa modalidade sem fio.

Visibilidade e Rastreabilidade

Os protocolos usados pelos usuários conectados podem ser visualizados de maneira automática e com transparência, por meio de diversos recursos como o roteador de borda com DPI — Deep Packet Inspection

Segurança

O wifi corporativo trabalha com vários tipos de protocolos de segurança, como: WEP, WPA e 802.1X. Além disso, é por meio do protocolo EAP que acontece a integração de acesso da rede wireless com os servidores AD — Diretórios Ativos — e LDAP — Protocolo de Acesso a Diretórios Leves.

Como melhorar a performance do wifi corporativo?

A performance da rede sem fio é uma preocupação constante tanto para a equipe de tecnologia quanto para a empresa em geral. Nesse sentido, podem ser adotadas algumas medidas com o objetivo de otimizar seu funcionamento.

Vamos apresentar, a seguir, dicas que podem ser úteis para melhorar o desempenho do wifi corporativo. Acompanhe.

Mudança da frequência

O canal da rede wifi pode ser modificado com o intuito de evitar a interferência de sinais oriundos de outros roteadores, rádios ou aparelhos que funcionem na mesma frequência que a rede wireless — que costumam ser de 2.4Ghz.

Desse modo, com os demais equipamentos em outra frequência, a conexão se torna mais limpa e sem a ocorrência de interferências externas. Confira um exemplo de solução que possibilita realizar a análise de espectro de frequências, mesmo remotamente, permitindo fazer o ajuste fino quando isso seja necessário.

Planejamento e avaliação prévia da estrutura

Antes de instalar de fato a rede, é importante fazer um planejamento prévio que vai determinar a quantidade e a maneira como os pontos de acesso serão implementados. Além disso, é fundamental fazer uma avaliação da infraestrutura da rede para verificar se há possibilidades de o hardware antigo ser reaproveitado ou se o access point precisa ser colocado em um local mais adequado para transmitir a frequência necessária. Chama-os isto de Site Survey.

Atualização do sistema

A baixa performance do wifi pode estar ligada a alguma espécie de bug ou falha pontual presente no firmware do roteador. Caso esse seja o problema, pode ser que a atualização do sistema seja suficiente para resolver o transtorno.

Investimento em segurança

A falta de segurança da rede sem fio também compromete a sua performance. Por isso, preste atenção nas configurações. Com o elevado número de pontos de acesso, as chances de problema aumentam. O ideal é configurar a rede para que o acesso aos recursos e arquivos locais seja limitado.

Existem cases de sucesso no uso de wifi corporativo?

Neste tópico, separamos algumas soluções unificadas da Ubiquiti que a ETH oferece para projetos em empresas e em ambientes com grande fluxo de pessoas — e é especialista no assunto. Confira:

Diante de tudo o que vimos, podemos concluir que a instalação de uma rede de wifi corporativo é um grande passo para que a empresa reúna condições de operar as suas atividades de maneira plena e, assim, possa se desenvolver cada vez mais. Mas, para isso, é necessário um planejamento adequado para que essa estrutura tecnológica esteja em harmonia com a norma e a política interna da empresa e seja possível oferecer o máximo que essa conexão pode alcançar.

No meio de todos esses benefícios que uma rede corporativa sem fio se propõe a oferecer, é preciso ter atenção. Por isso, antes de sua implementação, é essencial que a equipe técnica de TI realize um projeto wifi que consiga abranger todos os pontos necessários para que essa rede possa alcançar uma boa performance e funcionar com qualidade, segurança e eficiência.

Entendeu a importância de estruturar um wifi corporativo de qualidade para o seu negócio? Assine a nossa newsletter e seja o primeiro a receber conteúdos exclusivos que vão trazer conhecimento e ajudarão a otimizar os serviços de internet da sua empresa!